top of page

Você vai ficar fluente em 3 meses sim. Confia!

Atualizado: 21 de out. de 2022

Você já me conhece dos encontros do Talk'n Talk ou mesmo aqui do blog. Mas talvez não saiba que estou me preparando para falar Espanhol como facilitador no próximo ano de 2022.

Eu comecei a minha jornada estudando o Inglês em 1998 por incentivo dos meus pais. Eu ainda era uma criança de 9 anos. E apesar da facilidade em aprender Inglês, eu demorei quase 15 anos para finalmente dizer que eu era fluente.


Mas eu tive "sorte".

Conheço outras pessoas que tiveram a mesma jornada que eu tive e tiveram o privilégio de estudar em escolas de idiomas durante a infância e adolescência, mas apesar disso não conseguiram chegar a tal fluência e mesmo hoje com mais de 30 anos de idade, ainda sofrem com o Inglês que nunca veio. E não é porque são mais ou menos inteligente, estudaram menos ou não se esforçaram o suficiente. Eu tenho certeza que muitos que estão nessa jornada estudaram e continuam estudando com afinco. E mesmo assim a tal da fluência ainda não chegou.


Qual será o problema?

Vamos por partes. Você não tem problema nenhum. Não pense, muito menos acredite que o Inglês não é para você. O Inglês e qualquer idioma é para você e para qualquer pessoa.

Mas por que eu ainda não sou fluente?


O mito da fluência

No imaginário coletivo a fluência é o supra-sumo do falando de um idioma. É ter o gingado, vocabulário e poder falar por horas a fio, sem parar. A pessoa fluente é um ser sobre natural, com domínio e confiança de um camisa 10 num jogo de futebol batendo um pênalti na final de uma copa do mundo.


E você não é esse camisa 10.


A sua fluência não existe, por mais que você estude, use o duolingo todos os dias, tenha centenas de decks no Anki e tenha comprado as últimas 5 versões do curso do Mairo Vergara . Talvez já tenha até feito intercâmbio, mas ainda sim isso não te tornou fluente.


Só estudar não vai te ajudar

O maior erro na minha opinião é que todo aluno estuda e fica apenas no estudo. E antes que você pare de ler esse texto, estudar é fundamental no processo do aprendizado, mas você precisa ir além. E infelizmente o idioma vai exigir isso de você.

Conversação


Quando falamos de idiomas temos um protocolo a ser seguido e que é uma das primeiras coisas que aprendemos: ENVIAR e RECEBER uma mensagem.


Esse protocolo acontece no Português, no Inglês, no Japonês, em qualquer idioma simplesmente porque somos seres humanos sociáveis. Necessitamos dessa troca de informação entre 2 ou mais pessoas. E enviar ou receber uma mensagem exige... energia.


Temos 2 formas básicas de nos comunicarmos: escrita ou falada. Existem outras, mas essas são as que você vai usar com mais consciência e uma delas é a que eu estou usando para me comunicar com você em Português.


Escrever um texto como esse não é simples. Não adianta sentar e começar a escrever.


O início de um texto, de uma comunicação escrita exige um planejamento e uma exposição. Já fui muito criticado pelo o que eu escrevo ou falo. Inclusive nesse texto terá alguém que vai apontar o dedo pra mim.


Esse dedo pode me paralisar. E talvez seja esse dedo (que muitas vezes é imaginário) que vai te paralisar ao falar um novo idioma, seja escrevendo ou falando. Escrever é mais fácil, confesso. Porque você tem tempo de pensar, analisar, escrever, apagar, reler e decidir se quer levar a mensagem pra frente ou apenas jogar no lixo.


Falar é ao vivo. Não tem muito tempo de correção.


Por isso que você consegue ler, consegue entender e até escrever, mas tem muita dificuldade para falar o idioma. Você trava e não fala com medo do dedo julgador e do possível cancelamento.


Como ultrapassar o desafio de falar um novo idioma?

Não existe uma fórmula mágica para responder essa pergunta, muito menos um tempo determinado. Cada pessoa carrega dentro de sim uma infinidade de variáveis diferentes que impactam diretamente no aprendizado e na fala. Por isso é um erro grotesco dizer que você vai aprender Inglês em 3 meses ou em 1 ano e meio.


Você não vai aprender em 3 meses. Nem em 18 meses.


O foco não deveria ser no tempo, mas no passo a passo da jornada da fluência. Essa jornada já é parte da sua trajetória, porque você já estuda de alguma forma. Seja numa escola, com um professor particular ou autodidata.


Mas você ainda não começou a falar, mesmo que errado.


O que acontece é o seguinte: você acredita que precisa estudar 2 anos para começar a falar. Só que na verdade você precisa de 1 semana de estudos para começar a falar.


Eu disse começar a falar e não a ser fluente.

Quando você dá o primeiro passo na sua prática de conversação, você está mais perto da confiança e autoestima para falar um novo idioma. Não importa se você é iniciante, intermediário, avançado ou o que quer que seja o rótulo que você deu pro seu nível de conhecimento.


VOCÊ PRECISA FALAR URGENTEMENTE!

No Talk'n Talk temos um espaço seguro, sem julgamento e gratuito para você praticar o Inglês, Espanhol, Francês, Italiano, Alemão e Português. Iniciei esse projeto em 2016 e desde então oferecemos a gratuidade por acreditar que as pessoas não precisam pagar para conversar entre si. Basta acessar talkntalk.com.br e contratar um dos planos:

  • TRIAL com 7 dias para testar TUDO.

  • LITE com pacotes fechados de conversação para quem ainda não tem certeza se quer acesso ilimitado.

  • PRO com agendamento ilimitado de todos os idiomas, todas as aulas e tudo o que você quiser usar para praticar a conversação.

Quer conhecer um pouco mais do projeto? Se inscreva no nosso youtube.com/talkntalk e nos siga no instagram.com/talkntalkoficial


Até a próxima semana!

Phillipe

292 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo

2 comentários

Avaliado com 0 de 5 estrelas.
Ainda sem avaliações

Adicione uma avaliação
Jenner Davyd
Jenner Davyd
15 de dez. de 2021

Boa tarde Phillipe!


Verdade universal. Eu comecei a aprender espanhol sozinho em casa no ano passado (e sim, é difícil de aprender mas não impossível).


Mas aos poucos fui estudando e começando a conversar com pessoas de outros países através de app.


Na metade deste ano, comecei a fazer aulas on line (nunca tinha feito antes), com uma ótima professora e o resultado foi um desenvolvimento exponencial.


As conversas se tornaram mais fáceis e fluidas e as pessoas começaram a perceber a minha melhora.


Uma dica a todos que estão estudando, mas ainda tem medo de conversar: FALEM, mesmo que demore ou conversem pouco, ou errem. Na minha opinião, a fala/conversa é o teste final para saber como está seu…


Curtir
Phillipe Soares
Phillipe Soares
15 de dez. de 2021
Respondendo a

Demais Jenner! Obrigado por compartilhar e sigamos rumo a outros idiomas! #ProjetoPoliglota

Curtir
bottom of page