top of page

Você não vai ficar fluente em Inglês

Atualizado: 15 de dez. de 2021

Esse é um post duro e que vai jogar a realidade na sua cara. Prepare-se!

Eu comecei a dar aulas de inglês oficialmente em 2015 e desde então tive contato com quase que milhares de pessoas tentando estudar inglês para adquirir a sonhada fluência.


E não foram poucos os casos que eu vi de pessoas que tinham na bagagem ao menos 5 anos de estudo e não conseguiam falar o básico do idioma. Me lembro de centenas dessas pessoas me pedindo um "milagre". Passados 6 anos, a coisa não mudou nem um pouco.


Na verdade parece que só piorou.

O que acontece ao longo dos anos é que a ansiedade toma conta de cada pessoa que volta a estudar. E finais de ano são exemplos clássicos.


No próximo ano eu vou me tornar fluente.

E a minha resposta é: "não, você não vai".


Primeiro grande erro

Temos a tendência de achar que a fluência é como uma lata de refrigerante que você vai no supermercado, coloca no carrinho, passa no caixa, paga e leva pra casa pra consumir.


Infelizmente aprender um novo idioma não funciona assim.

E nesse processo, a frustração aparece em 2 meses.


Você contrata um profissional para cuidar do seu aprendizado, se matricula numa escola ou vai para outro país fazer intercâmbio.


O resultado? Mais frustração.

E nem vou falar que a culpa é do professor, da professora, da escola ou do intercâmbio.


O problema é o alinhamento da expectativa e a falta de clareza do caminho e, principalmente, do objetivo principal. Alcançar a fluência não é um objetivo.


E ai entra o segundo problema.


Segundo grande erro

Falta de clareza onde se quer chegar.


Você está ai a alguns anos tentando estudar, tentando falar, tentando, tentando. E não chega a lugar algum. O problema não está em você. O inglês não é difícil. Mas a jornada do aprendizado de um novo idioma pode ser dura e cruel.


É ai que entra um objetivo bem claro, bem definido. Quando você pensar em desistir, é nesse objetivo que você vai se segurar.


Gosto de falar para as pessoas o seguinte:


"Quando você começa estudar um novo idioma, você precisa ter clareza no objetivo central. Para onde você está indo. Sentir o gosto da vitória em falar um novo idioma, conseguir sentir o cheiro do Inglês, saber até o gosto. Quando você sentir o tesão dentro do seu corpo, o frio na barriga e o medo da conquista, do desafio... é ai que o jogo começa a mudar e você fica mais perto de conseguir falar fluentemente".


Parece papo de Coach.

E na verdade é exatamente o que é de fato.


Sem um plano, sem um objetivo, você vai colocar mais uma vez a culpa na escola, no professor, no Talk'n Talk. E simplesmente porque só estudar não vai te ajudar quando você não faz ideia do que vai fazer com o idioma.


Você vai me achar um idiota, mas só foi quando eu consegui colocar em prática o idioma por um longo período de tempo que eu comecei a vestir a tal da fluência e adquirir mais confiança.


No meu caso eu levei quase 15 anos para bater no peito que "EU SOU FLUENTE EM INGLÊS".


Mas você não precisa passar todo esse tempo como eu passei.

Desde 2016 o Talk'n Talk oferece encontros de conversação de graça.

São vários idiomas, diversos horários e uma comunidade onde você vai perceber que falar um novo idioma não é tão difícil. Você só precisa dar o primeiro passo. E esse é o mais difícil.


Em vez de passar 15 anos para começar a falar, estude por 3 meses e venha participar das aulas de conversação. Cada uma dessas reuniões possui um tema central e diversas perguntas que são como um guia para você conversar com outras pessoas. Nesse processo todo você desenvolve muito a sua comunicação, articulação das palavras e o raciocínio (o tal do "pensar em Inglês", sabe?)


Não tem segrego. Não tem mágica. Precisa ter um objetivo bem claro, saber onde você quer chegar e começar a praticar. Criar um ambiente de imersão dentro da sua mente para que você consiga desenvolver a fluência aos poucos e não ficar esperando ela cair do céu...


No Talk'n Talk você tem direito a 6 aulas por mês para treinar a conversação.

Se você está lendo isso e não faz ideia de como começar, não pense duas vezes.


Participe das aulas de conversação, sinta como outras pessoas já estão falando um novo idioma e comece a buscar, aprender, interagir.


Não comece amanha. Comece agora!

Se o seu problema é o Inglês, a solução está de graça aqui embaixo.

Se quiser otimizar ainda mais o aprendizado, contrate um dos planos da plataforma e acesse as aulas abaixo (apenas nos planos pagos).

Nos vemos em breve! Phillipe!

343 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page