top of page

Inglês ou Espanhol no Enem: qual escolher?

Espanhol é parecido com português, provavelmente vai ser mais fácil..  mas, minhas séries e músicas são em inglês, eu acho que sei mais..” - essas são algumas das reflexões que passam pela cabeça de alguns jovens vestibulandos do Brasil nesse momento: a hora da Inscrição do Enem.


Nesta segunda-feira (27/05), foram abertas as inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a principal porta de entrada para o Ensino Superior do Brasil. É nesse momento que estudantes de todos os cantos do país precisam tomar uma decisão: Inglês ou Espanhol no Enem?


A data limite para garantir a vaga no Enem é o dia 7 de Junho. Até lá, é preciso decidir pela melhor opção de língua estrangeira. Para te ajudar, reunimos informações sobre ambas provas e três pontos fundamentais a serem ponderados na escolha na escolha entre Inglês e Espanhol na prova mais disputada do Brasil. Confira. 


O que você precisa saber das duas provas: Inglês ou Espanhol no Enem

Antes de escolher, é preciso entender que as duas provas têm pontos cruciais e naturais de qualquer língua. Dessa parte, não tem como fugir. Por isso, fique de olho neles e torne-se amigo desses assuntos.


Primeiro, ambos exames, de Inglês e Espanhol no Enem, têm como maior característica a diversidade de textos. Ou seja, pode cair na prova diversos formatos: textos publicitários, literários, jornalísticos, tirinhas, cartuns e até textos da internet. 


Portanto, na hora dos estudos, é importante conhecer um pouco de cada um, quer você escolha Inglês ou Espanhol. Segundo, as provas contêm escrita verbal, não verbal e a combinação dos dois.


Por isso, estar familiarizado com esses tipos de comunicação também é essencial. Isso tudo converge no maior foco das provas de línguas no Enem: os três pilares fundamentais: 


1 - Interpretação de texto

Mais que saber todas a tradução de todas as palavras, é preciso saber interpretar o que o texto quer dizer. Isso que vai fazer com que você garanta a opção certa.


2 - Vocabulário (expressões idiomáticas)


A riqueza de uma língua está na vastidão de seu vocabulário. Uma palavra pode ter mais de um significado e, a combinação de duas ou mais, pode formar uma expressão idiomática bem distante da tradução literal. Saber identificar essas nuances é crucial em ambas as provas. 3 - Figuras de Linguagem Eufemismo, hipérbole, metáfora e pleonasmo são exemplos de figuras de linguagem que são trabalhadas no aprendizado de qualquer língua, inclusive está entre os temas da prova de português também do Enem. O assunto também é recorrente nas provas de Inglês e Espanhol, sem distinção.


Pontos importantes na hora da escolha entre Espanhol ou Inglês no Enem



Último passo, mas não menos importante: faça uma auto análise, refletindo sobre os pontos de máxima importância que são considerado pelos especialistas como definitivos para sua escolha:


  • Qual idioma você tem maior vivência e/ou conhecimento?

Essa é uma pergunta essencial na hora de escolher entre Inglês ou Espanhol no Enem. O Inglês é uma das línguas mais faladas do mundo e é considerada a língua mundial. O brasileiro é acostumado a consumir filmes, séries e músicas com o idioma. Por isso, geralmente sabemos mais o Inglês pois guardamos conhecimentos que nem nós mesmos temos consciência deles, mas que serão usados quando necessários.


Por outro lado, o Espanhol é uma língua considerada mais fácil pelas similaridades com as palavras em português. No entanto, apesar da onda latina crescer ano após ano, trazendo a cultura dos nossos hermanos para o país, ainda é uma língua que, no geral, temos menos contato.


Para responder essa pergunta, é importante que você avalie a sua relação com cada língua. Os especialistas indicam que, caso você tenha uma baixa relação com inglês e considere um idioma difícil, o Espanhol é a melhor opção, pela semelhança das línguas.


  • Identificação com a língua


É comum histórias em que uma banda ou um cantor/a internacional abriu a porta de um idioma para uma pessoa. Por meio do intenso contato, o idioma se torna familiar e, muitas vezes, acontece uma forte identificação da pessoa com a língua.


Portanto, se você  tem uma história parecida ou apenas se identifica por uma ligação natural com o Inglês ou Espanhol, aposte nela na hora da escolha. Isso vai tornar seus estudos mais fáceis e prazerosos, além da vantagem do conhecimento prévio na língua.


  • Cuidado com os falsos amigos

Se a sua língua escolhida é o Espanhol, é importante não subestimar o idioma. Por mais semelhanças que, inegavelmente, o Espanhol apresente com o português, os chamados falsos cognatos podem fazer você perder pontos preciosos entre as 5 questões da prova.


Falsos cognatos são aquelas palavras muito parecidas, mas com significado diferentes. Por exemplo, “asistir” em Espanhol não quer dizer assistir algo e sim frequentar algo. “Cadera” não é cadeira e sim quadril. E assim por diante. Portanto, atente-se para que o ponto positivo da língua não vire um ponto sabotador.


 

E agora, com todas essas informações e reflexões, se sente ready ou pronto para tomar essa decisão? Buena luck!

13 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
Couldn’t Load Comments
It looks like there was a technical problem. Try reconnecting or refreshing the page.
bottom of page