top of page

Você possui bloqueio para aprender um novo idioma?

Você já ouviu falar em pessoas que tem bloqueio para realizar determinadas tarefas como dirigir, nadar, falar em público ou aprender inglês? Esse é um problema que afeta diariamente muitas pessoas e gera impacto na vida social e até profissional.

Foto de Todd Quackenbush na Unsplash

As emoções estão diretamente ligadas ao processo de aprendizagem, de raciocínio, de memória.


Por exemplo, quando eu estava na escola a matéria que eu tinha mais facilidade em aprender estava relacionada com o quão bem eu me sentia durante a aula, o professor ou a professora que ensinava bem, que era legal e consequentemente eu tinha um bom relacionamento. Tudo isso influenciava na minha atenção e na minha percepção.


Ao aprender um idioma estrangeiro, as emoções não são deixadas de lado. Quantas pessoas cresceram tendo aulas de inglês e espanhol nas escolas e não absorveram nada, apenas o verbo to be ou uma ou outra palavra em espanhol? As emoções ajudam a ditar

o nosso foco e as nossas atitudes.


Por isso, é muito importante ao aprender um novo idioma, procurar uma metodologia que te atenda e que te traga sentimentos bons enquanto estuda, que você se divirta durante o processo, que saiba levar seus erros de forma leve. Do contrário, o medo de errar e de tentar, só limitará o seu processo de aprendizado.

Foto de Siora Photography na Unsplash

É claro, é comum ficarmos receosos ou ansiosos no começo, mas com o tempo nós vamos acostumando com o processo. O que não pode acontecer é o sentimento ao aprender um idioma ser ruim ao ponto de você desistir, de jogar a tolha e pensar: isso não é para mim.


Na TALKNTALK, as imersões são um jeito diferente de aprender um idioma, porque não é aquela forma tradicional de escola, de seguir um livro, ouvir um audiobook e fazer uma prova. Aqui você aprende na prática, conversando com pessoas reais e que estão no mesmo barco que você. São pessoas com objetivos parecidos, mas também com os mesmos receios, medos, dúvidas e por essa razão, não há julgamentos. Ninguém vai apontar o dedo e dizer:

"Hey, você errou essa pronúncia! O uso dessa palavra está errada!"

Pelo contrário, a comunidade TALKNTALK é tão forte e unida, que é muito comum durante as imersões ver uma pessoa incentivando a outra a tentar falar, a arriscar uma frase. Fora os temas das imersões que vão desde assuntos sérios como política ou problemas sociais à temas divertidos como filmes, música e infância.


São reuniões online com duração de 1 hora sobre os mais variados temas. Você pode escolher por idioma, por assunto, por facilitador e até por nível. Aqui cabe ressaltar: não se prenda muito a essa questão de nível porque mesmo em uma turma avançada, a comunidade vai te abraçar e tentar te ajudar a extrair o melhor daquela imersão, vão fazer de tudo para que você participe e aproveite a experiência.


Além disso, é possível aprender um idioma ao mesmo tempo em que faz amigos. Conforme você vai fazendo mais conversações, é comum você esbarrar com rostos conhecidos e aí o aprendizado flui muito melhor. Quando você se der conta, passou 1 hora de imersão e você nem viu.


Esses sentimentos bons ao aprender uma nova língua, atuam positivamente na memória, no foco e na criação de conexões porque nosso cérebro irá relacionar o aprendizado do idioma a uma coisa boa. Consequentemente, isso impactará positivamente no processo de aprendizagem.


Por isso, te convido a pensar sobre qual o sentimento que você tem quando estuda um idioma estrangeiro: Medo? Diversão? Orgulho? Entusiasmo? Bloqueio? Ansiedade? Curiosidade?


Além disso, gostaria de te convidar a agendar uma conversação gratuita aqui na TALKNTALK para você testar esse método de aprendizado e entender como funciona a dinâmica: https://www.talkntalk.com.br/service-page/free-english-conversation


Espero que aprender com a TALKNTALK desperte em você sentimentos bons como desperta em mim, e que você consiga chegar a tão sonhada fluência.

48 visualizações3 comentários

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page