top of page

Dicas para compreender a pronúncia e aprimorar seu aprendizado

Compreenda como os nativos utilizam algumas pronúncias e entenda como essas são aplicadas nas conversas. Com o contato frequente com o idioma, as coisas terão mais sentido, e você notará a sua evolução.


Espero que o conteúdo deste artigo o deixe mais confortável e confiante nos estudos.

Está preparado (a) para se aprofundar um pouco mais e desvendar as particularidades dos falantes nativos em inglês?


Compreenda e aprofunde-se


O processo de aprendizado linguístico possui algumas fases, e o tempo varia para cada pessoa. A prática diária é fundamental para aprimorar o idioma, unir os métodos também faz toda a diferença. Quando estamos imersos em uma nova cultura, precisamos compreender a pronúncia das palavras e o modo de falar para fazer sentido em uma conversa.


É normal sentirmos dificuldades em entender certas frases, pois ainda não temos controle total sobre a língua que estamos aprendendo; é neste momento que entram a persistência e a disciplina neste longo processo.


Você já deve ter pensado:

“Agora, sim, estou perto da fluência” .

Ao ouvir um nativo ou alguém fluente, surgem dificuldades e, consequentemente, o sentimento de frustração por não perceber a própria evolução.

O que posso dizer é que devemos cuidar dos nossos pensamentos e nunca duvidar de nós mesmos. Afinal, ninguém nasce sabendo tudo. O segredo é se conhecer, respeitar o seu tempo e aprender a superar os desafios.


Entenda o idioma


Quando comecei a estudar inglês, enfrentei muitos altos e baixos, mas sempre procurei manter-me firme, buscando conhecimento para contribuir com minha jornada de aprendizado. Uma das coisas mais importantes para mim, sem dúvida, são as imersões na TALKNTALK, nas quais tenho a oportunidade de colocar em prática, observar meus erros e estudar as pronúncias diariamente.


Outra coisa que contribui muito é treinar a escuta e observar o modo como os nativos falam, seja em filmes, séries ou ouvindo música. Acredite, é funcional e facilita a compreensão. Passando a fazer isso, consigo entender mais o contexto das situações e fico confiante de que estou no caminho certo, pois estou entendendo o motivo de algumas pronúncias, e as coisas passam a fazer mais sentido.


Assim como no português, temos uma maneira de expressar algumas palavras. E fazemos algumas reduções quando falamos. Imagina para um estrangeiro como é difícil compreender, por exemplo: Você tá bem?


Sem contar quando o sotaque entra no circuito, exemplo: Ocê tá bem?


Perceba que cada idioma tem suas particularidades, e o nosso não é diferente. E como podemos resolver isso? Mergulhando na cultura do idioma que estamos aprendendo: ouça, fale, escreva, observe os estrangeiros, preste atenção nas pronúncias. Revise as palavras frequentemente.


Explorando o significado das pronúncias


No caso do inglês, por exemplo, além das famosas contrações “I am = I’m; You are = You’re”; devemos nos atentar para as reduções faladas, como o som de schwa, que são um desafio. Às vezes, causam a sensação de que não estamos evoluindo, não sabemos falar direito ou que é muito difícil o inglês. Mas existem saídas para superarmos. A prática constante e foco nos estudos da linguagem são essenciais.


Esses dias estava assistindo à série Virgin River, e é notável as reduções de frases. Veja no trailer Virgin River Season 5 - Part 2 - Christmas Episodes os seguintes exemplos:


Phrase 1: I want to know more about what happened.

Note: som de wanna = Want to


Phrase 2: You’re gonna be fine.

Note: contração do verbo to be e redução do going to = gonna


Agora faz mais sentido, não é? As coisas tornam-se mais claras quando conhecemos o motivo, e a prática desempenha um papel crucial nesse processo.


Quando escutamos os estrangeiros falando em inglês e achamos que não estamos aprendendo nada, que é muito difícil falar, um dos obstáculos que encontramos é o som "schwa", mas não é algo impossível de aprender. Só precisamos nos acostumar, treinar constantemente para internalizar e sermos mais naturais ao falarmos. Mas afinal, que raio de som é esse, "schwa"?


Confira este vídeo: The Schwa Sound {The most common vowel sound!}! Assista para aprofundar ainda mais seu entendimento.


Segundo o Wordexpress Blog:

O 'Schwa' ou 'Shwa' é um dos sons mais abundantes na língua inglesa e é o mais importante de todos os sons. Compreender o 'Schwa' é fundamental para entender como a pronúncia da língua inglesa funciona" .(Wordexpress Blog, 2017).

Ao analisarmos as pronúncias e compreendermos os sons, nos familiarizamos com o idioma, e o que era desconhecido e difícil torna-se mais leve e prazeroso de exercitar. Este é um ciclo vicioso que precisa ser realizado frequentemente. Além disso, aqui estão alguns exemplos adicionais de reduções na fala:


  • What do you do?


  • What do you think?


No desejo de alcançar a fluência, considero importante levar a constância a sério; a perfeição pode ser a consequência do esforço e empenho dedicados para que a "mágica" aconteça.


Pratique no lugar certo


Ano novo chegou, e com ele, novas perspectivas por um futuro promissor. Pense em quantas chances de crescimento uma pessoa que fala mais de um idioma pode atingir. Há muito tempo que desenvolver essa habilidade é mais do importante para o crescimento pessoal e profissional.


Aproveite a oportunidade de contar com um ambiente agradável. Além de aprender um novo idioma, você desfrutará de experiências únicas, imersão em linguagem, cultura, novas amizades, e diversos benefícios que apenas a TALKNTALK proporciona aos seus alunos.


Encare o medo, se permita, não se subestime. Confie no seu potencial e venha praticar nas imersões tudo que você estiver aprendendo. Sua evolução virá com o tempo, e a satisfação de ter uma nova habilidade linguística é fantástica.


Compartilhe sua Jornada!

 

Gostou das dicas para aprimorar a sua pronúncia em inglês? Não deixe de compartilhar suas experiências nos comentários, pois sua contribuição é fundamental para o progresso.

 

Clique aqui e saiba mais:  https://www.talkntalk.com.br/

65 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page